A soja entrou para a nossa alimentação como uma alternativa à carne. Muitos dizem que é melhor, assim como muitos dizem que é pior.

Mas na verdade, nunca se chega a uma conclusão e as questões continuam a pairar no ar.

Soja e dois dos seus derivados
Soja e dois dos seus derivados

O que não há duvida, é que já se tornou um alimento de eleição para vegetarianos, veganos, e um extenso numero de filosofias que vão em busca de uma redução parcial ou total do consumo de animais ou seus derivados.

E surge a questão: O que os leva a escolher esses alimentos? Será que eles são melhores que a carne? Já veremos e esclarecemos todas as dúvidas.

Porque os veganos/vegetarianos adoram a soja?

Quem já questionou um vegano/vegetariano sobre o porquê de o ser, provavelmente ouviu como resposta algo como:

“Animais são seres vivos como nós e acho correto saber-mos nos alimentar sem recorrer ao sacrifício de animais.”

“Não acredito que a carne de animais seja saudável para nós. Inclusive me sinto muito melhor desde que mudei a minha alimentação.”

“A criação de animais para consumo humano é responsável por metade das emissões de carbono do planeta.”

Eu próprio já ouvi muitas vezes essas afirmações e inclusive concordo com elas. E estas são algumas das razões pela qual os vegetarianos/veganos adoram a soja: A sua versatilidade é tão grande que faz deste alimento um ótimo substituto para os alimentos de origem animal.

Hoje em dia já podemos encontrar todo o tipo de derivados de soja, como:

  • “Leite” de soja. (Não se pode chamar propriamente leite, visto não ter origem nos seios de um animal)
  • Tofu – Substituto do queijo
  • Tempeh – Substituto da carne
  • Farinha de soja
  • Soja texturizada

Porque o consumo de soja está em crescimento?

Atualmente, a geração mais jovem cresceu a ouvir falar de questões de saúde, assim como questões ambientais e dessa forma, acaba em busca de opções que vão ao encontro de resolver esses dois problemas.

Falando de saúde, cada vez é mais do conhecimento publico que o consumo de grandes quantidades de carne, ao contrário do que se pensava anteriormente, não é benéfico para o organismo.

Ricas em gorduras saturadas, as carnes são indispensáveis no frigorífico de quase toda a gente. Por outro lado, as gorduras saturadas que elas contém são tudo o que o nosso corpo não necessita, além de serem “alimentos pesados” para a nossa digestão.

Falando de questões ambientais, o melhor exemplo que posso dar, é os incêndios na Amazónia.

O que os incêndios na Amazónia tem de relacionado com a carne?

Floresta amazónica - o pulmão do planeta
Floresta amazónica – o pulmão do planeta

Para aqueles que não sabem, há uma lei que defende a desflorestação da floresta amazónica, também conhecida como o pulmão do planeta. O que a lei não define, é a área correspondente à floresta em si.

Nessa lei, o que está escrito é que é proibido a desflorestação da mesma floresta, apenas isso. E é aí que entram os incêndios.

Colocados por mão humana, os incêndios transformam o que foi uma floresta em uma área ardida. Mas essa área ardida por já não ser considerada terreno florestal, passa somente a ser um terreno sem dono, pronto a ser reclamado.

Esses terrenos, que já foram outrora parte da floresta, são cultivados com Soja. Inclusive se formos a ver, a produção de soja tem um grande peso no PIB(Produto Interno Bruto) do Brasil.

Qual o destino dessa soja?

Antes de culpar a soja pela desflorestação da Amazónia, temos de saber qual é o destino dessa soja.

Conforme podemos ver no gráfico que nos é feito publico pelo ourworldindata.org, são necessários 25 quilos de grãos para produzir um quilo de “vaca”.

Outrora vista como um luxo, a carne é atualmente bastante acessível, e aliada ao crescimento populacional a nível mundial, fez a sua demanda ser bastante alta. Por essa razão, a industria da carne procurou formas de aumentar a produção de grãos para a criação de animais. E a Amazónia tornou-se apenas numa das vitimas desse mesmo fim.

Por isso, toda essa soja se destina à criação de gado, não ao consumo humano.

O problema ambiental em que a carne está envolvida se resume apenas a isso?

Não. Outro problema relacionado com questões ambientais é a escassez de recursos hídricos. Se olharmos ao gráfico que se pode encontrar no site statista.com, ele refere que a produção de um quilo de carne bovina sem osso, gasta em média 15.415 litros de água, quando um quilo de grãos gasta apenas 1.644 litros.

A diferença é muita. Vemos muita campanha de redução do consumo de recursos hídricos. Mas não tocam no assunto da carne.

Grãos de soja
Mãos cheias de grãos de soja

Quem tem dinheiro tem o poder. E os produtores de carne tem o dinheiro. Assim, tem o poder de omitir que certas informações sejam publicas, ou pelo menos, tão facilmente divulgadas.

Mas os problemas ambientais não acabam aqui. Mas isso é todo um tema para outro artigo.

Soja e a ética:

Outro argumento usado por veganos, é o direito há vida dos animais.

Se formos a ver, não somos os únicos seres inteligentes. Apenas nos destacamos de certa forma das outras espécies.

Mas isso não nos dá o direito de maltratar outros animais, nem de lhes causar mortes violentas e dolorosas para consumir o seu corpo.

Pense na sua quarentena. Ninguém gostou de estar fechado em casa. Agora imagine toda a sua vida assim, fechado num único sítio, sem se poder mover para que ganhe peso mais rapidamente. E como se não bastasse, a sua vida acaba com uma morte dolorosa para que o seu corpo fosse vendido.

E isto a “vida” desses animais.

É horrível. Ao menos se ainda tivessem uma vida digna, na qual pudessem andar livremente ao ar livre, era um mal menor.

Mas como que se não bastasse, são vacinados contra tudo e ainda são injectados hormonas e um sem fim de coisas.

E tudo isso acaba num só sitio: o nosso corpo, depois de as ingerir-mos.

Voltando ao foco, da mesma forma que gostamos de ter a nossa liberdade e nos expressamos quando sentimos que ela é ameaçada, eu imagino que os animais sentem o mesmo. Apenas não tem a capacidade de se oporem ao contrário de nós.

Nutricionalmente, o que esperar da soja?

Aqui podia apresentar o alimento, dizendo os pontos fortes os fracos.

O que provavelmente aconteceria, é que mesmo sabendo o que o alimento tem de bom, uma pergunta iria surgir:

“A nível de X nutriente, a soja é melhor do que Y alimento?”

Assim, achei mais sensato comparar não a soja, mas sim tofu, visto que este segundo está pronto a consumir, com os produtos que ele tem vindo a substituir, nomeadamente a carne de frango e a carne de vaca

NutrientesTofuFrangoVaca
Calorias (por 100g)76239250
Gordura total4.8 g14 g15 g (1.1 g de gorduras trans)
Colesterol0 mg88 mg90 mg
Sódio7 mg82 mg72 mg
Potássio121 mg223 mg318 mg
Hidratos de carbono1.9 g0 g0 g
Proteínas8 g27 g26 g
Vitamina A85 IU161 IU0 IU
Vitamina C0.1 mg0 mg0 mg
Vitamina D0 IU2 IU7 IU
Vitamina B60 mg0.4 mg0.4 mg
Cálcio350 mg15 mg18 mg
Ferro5.4 mg1.3 mg2.6 mg
Cobalamina0 µg0.3µg2.6 µg
Magnésio30 mg23 mg21 mg
Informação nutricional de tofu, frango e vaca. Fonte: USDA

Como podemos ver, e apesar de tanto o frango como a vaca terem alguns pontos fortes, e sendo claramente superiores em alguns, a soja, representada pelo tofu nesta comparação é claramente superior.

Alimentação saudável

Não digo que a soja e o tofu são superiores para evitar o consumo de tanto frango assim como carne de vaca. Uma alimentação saudável é aquela em que vamos dar ao nosso corpo todos os nutrientes que precisa. E isso só é conseguido quando temos uma alimentação variada e completa.

O que recomendo, mesmo antes de continuar é que, caso possível, optar pelas versões mais biológicas. Sem químicos, assim como pesticidas, anabolizantes, ou vacinas, etc, dependendo do alimento em questão.

Digo isto pois pior do que um mau alimento, é um alimento envenenado com tudo isso que nos mata silenciosamente.

Perguntas e Respostas

Esclareça agora as suas duvidas.
Esclareça agora as suas dúvidas acerca da soja.

P: A proteína presente na soja é inferior à proteína da carne quanto se fala de qualidade?
R: Assim como na carne, a proteína de soja contém todos os aminoácidos que o corpo não consegue sintetizar e que tem de recorrer à alimentação para os obter.

P: A soja contém estrogêneo?
R: Até à data, ainda não há provas sólidas de que o consumo de soja cause no ser humano um aumento do estrogêneo em circulação no sangue, assim como que também não há provas que liguem o consumo de soja a um declínio na produção de testosterona nos homens.

P: A soja causa alergias?
R: Sim, causa. Mas por outro lado, em comparação com alergias ao leite e amendoins, as alergias à soja são 6 vezes menos comuns. Além disso, a quantidade de proteína necessária para desencadear uma reação do organismo é muito superior no caso da soja. Dessa forma, necessita ingerir uma quantidade muito superior, ou, se ingerir a mesma quantidade de ambos, a reação alérgica causada pela soja será muito inferior.
Atualmente, menos de 1 em cada 1000 adultos é alérgico à soja.

E que tal? Ficou esclarecido ou tem alguma duvida que gostava de ver respondida? Deixe nos comentários o que achou do nosso artigo e tenha um bom dia!

Deixe um comentário