Alguns de nós não conseguimos perder peso, outros, ganhar peso. E ainda vemos aqueles que tudo parece perfeito para eles: não precisam de fazer muito e o seu corpo parece perfeito. Nunca se questionou porque isso acontece? Isso acontece devido aos diferentes tipos de corpos que existem e isso que eu vou explicar neste artigo, de forma a que também conheça qual é o seu.

Tipos de corpos

Os três tipos de corpos em uma só um imagem
Os três tipos de corpos em uma só um imagem

Nos temos três tipos distintos de estruturas corporais existentes sendo elas ectomorfo, mesomorfo e endomorfo. Cada um tem as suas características, as quais também vou especificar na descrição de cada tipo de estrutura. Sendo assim, comecemos então:

Ectomorfo

O lutador de MMA Urijah Faber - o exemplo de um ectomorfo
O lutador de MMA Urijah Faber – o exemplo de um ectomorfo

Para entender depressa, lembre-se daquele seu amigo bastante magro, que por mais que treina não consegue ganhar massa muscular, mas por outro lado, come o que quiser e não engorda. Agora que já se lembrou de um exemplo, passo a descrever:

O ectomorfo tem normalmente um corpo magro. Tem ombros magros e de largura reduzida, e pernas maiores e também magras. Os seus músculos também são muito fibrosos. Dos três tipos, os ectomorfos destacam-se pela sua definição muscular e pela sua resistência.

Eles acabam por ter ossos pouco densos e pouca massa muscular. Isto acontece porque o seu metabolismo é muito rápido, o que justifica o facto de comerem e não engordarem. Eles próprios tem essa dificuldade por natureza: a de engordar.

Para que isso seja possível, eles precisam de comer uma grande quantidade de calorias. Também devem fazer refeições bastante calóricas de noite, com o objetivo de evitar o catabolismo muscular enquanto dormem.

Quando treinam, para conseguir desenvolver mais facilmente os músculos, eles devem procurar fazer treinos intensos e curtos porque treinos prolongados ainda vão aumentar mais as suas necessidades calóricas e assim dificultar a sua tarefa de ganho muscular.

Endomorfo

O ator Chris Pratt - um exemplo de um endomorfo
O ator Chris Pratt – um exemplo de um endomorfo

Corpos endomorfos são quase o oposto dos ectomorfos. De ossos fortes e físico grande, este tipo de corpo tem dos três, o metabolismo mais lento. Endomorfos costumam destacar-se por terem mais gordura corporal, porque para este tipo, é fácil ganhar peso. Como resultado disso, eles tem alta percentagem de gordura corporal, mas também bastante massa muscular. Dos três tipos de corpos, este tipo também é o que se destaca pela sua força.

A nível de alimentação, endomorfos devem sempre procurar uma dieta pobre em açucares e gordura, porque o seu corpo assimila todos esses açucares e gordura. Devem também consumir hidratos de forma controlada e boas quantidades de proteína, com o fim de conseguirem uma correta manutenção de toda a sua massa muscular.

A nível de treino, devem-se focar principalmente em exercícios aeróbicos. Isto com o fim de combaterem a maior fraqueza deles: a sua resistência. Devem se focar em treinos que aumentem o seu metabolismo, com o fim de queimar toda a gordura facilmente acumulada. Eles por sua vez não tem grande necessidade de treinos de força, visto que ganham massa muscular também com grande facilidade.

Mesomorfos

O fisiculturista Arnold Schwarzenegger nos seus 27 anos - o exemplo de um mesomorfo
O fisiculturista Arnold Schwarzenegger nos seus 27 anos – o exemplo de um mesomorfo

Mesomorfos destacam-se pelo seu perfil atlético. De ossos fortes e estrutura grande, este tipo acaba por ser o equilíbrio entre endomorfos e ectomorfos.

Assim sendo, os mesomorfos acabam por ter músculos definidos, fortes e grandes. Por outro lado, também necessitam ter algum cuidado com a alimentação, visto que também tem alguma tendência a acumular gordura.

A nível alimentar, uma dieta equilibrada é o perfeito para eles. De referir que dieta equilibrada contém gordura e açúcar, porém, em quantidades reduzidas e controladas. Devido ao seu metabolismo moderado, também não é aconselhado exagerar nos hidratos de carbono, visto que também pode acabar em acumulação de gordura. A nível de proteína, podem ingerir livremente, visto que em qualquer corpo, seja do tipo que seja, a proteína em excesso é expulsa do organismo e não se acumula.

Em relação aos treinos, eles geralmente dão se bem com treino de pesos, devendo também tirar algum tempo para treino aeróbico. Este tipo de corpo também apresenta rápidas mudanças, principalmente quando começa uma rotina de treino.

Que tipo é você?

Essa acaba por ser uma pergunta difícil de responder. Provavelmente não se vai identificar com nenhum dos três, e isto é normal. É raro encontrar alguém que seja um tipo apenas. Só em casos extremos, como obesidade mórbida ou anorexia é que podemos ver alguém que é claramente apenas endomorfo e ectomorfo. A maioria das pessoas acaba por ser um “cruzado” de dois tipos, podendo assim serem chamados de algo como “endo-mesomorfos” ou “ecto-mesomorfos”. Assim, essas pessoas acabam também por ser um cruzado de características.

Conclusão

Independentemente do nosso tipo de corpo, seja esse qual for, com dedicação e esforço é uma questão de tempo até alcançar os nossos objetivos. Claro que os tipos de corpos vão sempre ter a sua palavra a dizer em como o nosso corpo se vai desenvolvendo, mas com treino e uma boa alimentação, de certeza que vai ver progressos.