Poupar dinheiro acaba por ser umas das dificuldades de muitas casas. O custo de vida continua a aumentar e parece que o nosso salário não aumenta na mesma proporção. Por isso no artigo de hoje, venho ajudar a solucionar esse problema trazendo várias dicas para poupar dinheiro.

Uma das melhores dicas para poupar continua a ser um frasquinho de vidro... ou vários
Uma das melhores dicas para poupar continua a ser um frasquinho de vidro… ou vários

Antes de mais, este tema sempre foi um tema que procurei por mim, pois não conseguia poupar. Isto aconteceu antes de eu próprio me ensinar sobre finanças e da forma de ver o dinheiro. O que acontecia, era quando encontrava sítios que prometiam 50 dicas de como poupar dinheiro, 46 não se aplicavam a mim, 3 quase nenhuma diferença faziam e no meio de tudo, se tanto aproveitava uma. Recordo-me de ver coisas como apagar a luz ao sair de casa. Suponho que toda a gente que se preocupa em poupar o faz. Por isso neste artigo, procurei colocar aqui dicas para poupar que realmente vão de encontro às reais despesas que temos e que ajudam de verdade a equilibrar as suas contas.


Se o seu objetivo é realmente poupar, também tem de entender a “filosofia” sobre poupar, apenas dicas para poupar não são suficientes, por isso, antes de continuar a ler, recomendo a leitura do seguinte artigo:

Comecemos então: Dicas para poupar dinheiro

Conheça as suas despesas

1 – Ande sempre com um bloco de notas. Aponte tudo o que gasta, e ao chegar a casa, aponte numa agenda.
Faça o somatório de tudo no fim do mês. Veja quanto recebeu, quanto gastou assim como quanto sobrou no fim de tudo.

2 – Depois de conhecer os seus gastos de verdade, trace um plano de quanto pode poupar em cada despesa.

Motivação

3 – Ao fim de imaginar o que pode poupar, planeie o fim desse dinheiro. Seja investir ou uma viagem, aponte tudo o que lhe vier à mente.
De tudo que apontou, escolha 5 objetivos maiores.

4 – Faça 5 jarros de vidro e cole um papel com cada objetivo. Assim cada vez que poupar, pode colocar o dinheiro no objetivo que pretende.

5 – O “pé-de-meia”

O primeiro dinheiro que poupar, recomendo que faça um fundo para emergências. A longo prazo, este fundo se pagará por si só: ao poder pagar tudo dentro dos prazos e a prevenir males maiores, vai poupar muito dinheiro.

Saúde

Abdicar do ginásio sem abdicar da sua saúde continua a ser uma das melhores dicas para poupar
Abdicar do ginásio sem abdicar da sua saúde continua a ser uma das melhores dicas para poupar

6 – A saúde é essencial. Cuide da sua saúde. Assim evitará gastos com médicos, medicamentos e afins, além de viver com mais energia e felicidade.

7 – Desporto. Todos sabemos que desporto é saúde. A longo prazo, vai poupar muito, quer na adoção de hábitos saudáveis, assim como na conta do médico.

Despesas facultativas

8 – Realmente compensa aquele seguro? Já viu quanto gasta no ginásio, quer na mensalidade, quer nas deslocações? Pense em como mudar isso. Seja autodidacta e aprenda a treinar em casa, mesmo com pouco ou nenhum equipamento, consegue fazer ótimos treinos. É só aprender.

9 – Um que toda a gente falha: Televisão. Já pensou quanto tempo teve a ver televisão este mês? Não precisa certamente de tantos canais. Além de que ver televisão incentiva o consumo de outras coisas desnecessárias. Use esse tempo para ganhar mais dinheiro com rendas passivas.

10 – Planeie as suas compras

Um dos sítios onde acaba por gastar mais dinheiro, é no supermercado
Um dos sítios onde acaba por gastar mais dinheiro, é no supermercado

Se reparar, grande parte das suas despesas, são compras de supermercado. É algo que de uma forma ou outra, há sempre forma de poupar. Se tem filhos, pode encarrega-los de procurar promoçoes, dessa forma, eles também vão aprendendo a realmente dar valor ao dinheiro. Se não tiver, faça-o você.

11 – Não ceda a todas promoções. Ter-mos 25% de desconto num artigo, não significa que não gastamos 25%, significa que gastamos 75%, percebeu? Muitas vezes, uma promoção deixa-nos tentados a comprar algo que não precisamos, e assim acabamos em desperdiçar dinheiro. Por isso não custa fazer a lista de compras e poupar.

12 – Quando comprar algum artigo fora do comum e mais caro, como um televisor ou um computador, etc… pense. Se o necessita no momento por alguma razão, nesse caso não tem muita opção. Por outro lado, se conseguir prever que mais cedo ou mais tarde vai precisar de substituir algum aparelho, fique atento. Muitas vezes consegue comprar com bons descontos bem como aparelhos de maior qualidade.

Desperdícios

13 – Já pensou quantas vezes deitou comida fora, porque a deixou estragar? Ou quantas vezes estava na sua pausa de almoço e queria ter consigo as sobras do jantar do dia anterior? Não só acabou tendo desperdício de comida, assim como desperdício de dinheiro. E o desperdício de comida é tão mau como o de dinheiro, pois no fim de contas, o acaba por ser também.

14 – Quantas vezes passou o dia a deslocar-se de carro, quando podia ter feito tudo em menos viagens? Calcule quanto gasta nas suas voltas de carro e planeie os trajetos, Ajudará a sua carteira, assim como o ambiente.

15 – Respeite cada euro

De pouco serve poupar de um lado e desperdiçar de outro - gaste cada euro com sabedoria
De pouco serve poupar de um lado e desperdiçar de outro – gaste cada euro com sabedoria

Cada euro que gastar, certifique-se que é em algo que lhe vai trazer benefício. Os dois euros que gasta no pequeno almoço, num mês passam a ser 60, assim como 5 euros na diária no trabalho, 110 euros. Veja todas as suas pequenas despesas, pois essas, ao longo de um mês, são muitos euros. Pense quanto tempo trabalhou para poder pagar algo. Se calhar, um café significa 10 minutos de trabalho. Veja todas as suas despesas e assim veja quanto tempo de trabalho mensalmente desperdiça.

E por último e não menos importante, lembre-se: Para poupar dinheiro, tem sempre de viver abaixo das suas possibilidades. Eu percebo que custa ceder de algumas coisas, mas tenha em mente que é por um bem maior, equilíbrio financeiro.

Conclusão

Assim desta forma, terminamos o nosso artigo sobre dicas para poupar. Mas lembre-se, para ter equilíbrio financeiro, não só precisa de poupar, assim como precisa de aumentar a sua receita. Dessa forma, conseguirá ser independente financeiramente.